Conheça as 6 principais tendências do mercado de bares e restaurantes em 2024 e prepare-se para crescer - My Food Site

My Food Site

Conheça as 6 principais tendências do mercado de bares e restaurantes em 2024 e prepare-se para crescer

O ano de 2022 começou com boas perspectivas e muitas novidades entre as tendências do mercado para o setor de bares e restaurantes. Embora não exista uma previsão certeira quanto ao fim da pandemia de Covid-19, percebe-se atualmente um entendimento maior a respeito do assunto.

O ano de 2024 começou com boas perspectivas e muitas novidades entre as tendências do mercado para o setor de bares e restaurantes.

Embora não exista uma previsão certeira quanto ao fim da pandemia de Covid-19, percebe-se atualmente um entendimento maior a respeito do assunto. 

Assim, várias tendências refletem novas e mais efetivas maneiras de lidar com a situação e, dessa forma, voltar a aquecer o setor.

Afinal, quem é dono de bar ou restaurante sabe o efeito que a pandemia provocou nos negócios nos últimos dois anos. 

Fernando Blower, diretor executivo da Associação Nacional dos Restaurantes (ANR), declarou em entrevista que o setor extinguiu mais de 181 mil empregos entre fevereiro de 2020 e janeiro de 2021. 

Foi um impacto imenso, que obrigou muitos donos de estabelecimentos a encerrar os seus empreendimentos ou então mudar drasticamente suas estratégias. 

No entanto, foram justamente esses desafios que remodelaram o mercado e, assim, acabaram fundamentando a maior parte das tendências do setor de alimentação para 2024.

Portanto, vejamos agora quais são essas tendências e como você pode segui-las para dar maior destaque ao seu estabelecimento e fazê-lo crescer ainda mais.

Principais tendências do mercado em 2024

Atualmente, as tendências do mercado envolvem uma automação maior em todas as etapas do processo de produzir e comprar alimentos. 

Além disso, refletem um grande número de mudanças comportamentais e em hábitos de consumo da população quase como um todo.

Assim, em muitos aspectos, alinhar-se às tendências de mercado para 2024 pode implicar na necessidade de adaptação e eventualmente até de reformulação do seu negócio.

Embora essa perspectiva soe desencorajadora, pode ser a única maneira de manter seu empreendimento vivo no cenário atual — ainda que a pandemia terminasse hoje. 

Com base em resultados de uma pesquisa da ANR e da consultoria Galunion, estima-se que a recuperação pós-pandemia deve levar no mínimo uns 2 anos.

De todo modo, as ações necessárias ao alinhamento podem ser também estimulantes e despertar sua criatividade ou interesse por questões nunca imaginadas. 

Afinal, sempre foi parte do trabalho do empreendedor encontrar formas de se destacar em meio à concorrência e se adaptar às circunstâncias quando e como elas exigem.

Por isso, confira, agora, o nosso levantamento das principais tendências de mercado de bares e restaurantes e transforme-as em pontos fortes do seu empreendimento!

1. Manutenção das medidas de distanciamento

Para começar, ainda não podemos dizer que a pandemia de Covid acabou ou que certamente acabará em algum momento deste ano. 

No entanto, há algumas inovações que ganharam força como medidas de distanciamento social e que tendem a permanecer mesmo em um cenário pós-pandêmico.

É o caso, por exemplo, das operações sem contato

E, nesse caso, há uma lista realmente grande de ações que foram implantadas e que dificilmente irão desaparecer com o fim da pandemia.

Para o momento de fazer o pedido, há tanto a possibilidade de usar totens que garantam a automação do processo quanto o recurso do cardápio digital. 

Na hora de pagar, notamos um crescimento do uso de cartões por aproximação e até mesmo a utilização do sistema PIX como forma de pagamento.

Há ainda a possibilidade de realizar o pedido online, desde sua casa ou de qualquer outro lugar, indo depois ao restaurante apenas para retirá-lo. 

O modelo chamado “take away” está geralmente associado ao delivery, mas como este se refere basicamente a um serviço de entrega, precisa ser diferenciado. 

Naturalmente, neste tópico, poderíamos mencionar o próprio delivery, mas logo o veremos com um pouco mais de atenção, pois ele inclui também outras tendências específicas. 

É importante destacar, aqui, que o delivery se mantém entre as principais tendências do mercado de restaurantes mesmo junto a um possível aumento de frequentadores locais.

Para este último caso, a procura deve ser maior por lugares abertos e espaçosos, especialmente com mesas ao ar livre. 

Nesse sentido, os food trucks, por exemplo, têm um potencial muito grande para atrair clientes em 2024.

2. Novos hábitos de consumo

Além do crescimento dos sistemas de delivery de um modo geral, os anos de pandemia promoveram um aumento na procura por tipos específicos de produtos.

Nesse sentido, notou-se um aumento na procura de marmitas e delivery por assinatura, que devem permanecer entre as tendências de mercado para 2024. 

Podemos citar, ainda, um consumo crescente de pratos congelados e pré-preparados. 

Além disso, o modelo de kits de comida também ganhou força e vem sendo cada vez mais requisitado.

Tais kits são compostos pelos ingredientes do prato escolhido e enviados com a receita para que o(a) próprio(a) cliente prepare-o em casa. 

É uma alternativa criativa, simples e prática que acompanha muito bem as tendências do setor de alimentação.

Seja como for, o que se percebe, no geral, é justamente uma busca por conforto e praticidade. E isso acaba refletindo, ainda, uma tendência à fidelização dos clientes aos seus estabelecimentos preferidos.

Sendo assim, os programas de vantagens e de fidelidade vêm sendo cada vez mais usados, apresentando também excelentes resultados.

3. Novos hábitos alimentares

As discussões sociais a respeito da saúde intensificaram um processo de mudança nos hábitos alimentares da população em geral. 

Conforme um estudo da EY Parthenon, 75% dos consumidores pretendem priorizar opções mais saudáveis no cenário atual e no pós-pandêmico.

Isso se reflete, por exemplo, no aumento da procura por alimentos funcionais

No mundo todo, cada vez mais pessoas buscam alimentos e bebidas que beneficiem de alguma forma o seu sistema imunológico. As bebidas do tipo detox são apenas o exemplo mais comum disso.

Outra mudança significativa é a redução do consumo de carne, mesmo em um país como o Brasil, um dos maiores consumidores de carne no mundo. 

Segundo uma pesquisa do Ibope encomendada pela Good Food Institute Brasil, 47% dos brasileiros já reduziram o consumo de carne desde o início da pandemia.

Obviamente, a redução do consumo de carne também está ligada ao aumento do preço diante do cenário econômico no Brasil. 

No entanto, a pesquisa também revela um aumento na busca de pautas ligadas ao vegetarianismo e veganismo.

Diante disso, uma das principais tendências de mercado de bares e restaurantes em 2024 é a inclusão de opções veganas e vegetarianas no cardápio. 

Portanto, se você desconhece esse meio, é bom começar a pesquisar conceitos como pratos plant-based ou testar umas proteínas alternativas como a carne de jaca!

Por fim, vale mencionar ainda o modo como a pandemia instigou o senso de pertencimento da população e como isso afetou também seus hábitos alimentares. 

Assim, a procura por pratos de comida caseira e regional vem aumentando bastante nos últimos dois anos — e deve permanecer dessa maneira em 2024.

4. Questões humanas, ambientais e de sustentabilidade

A questão de saúde abordada no tópico anterior se estende também à saúde mental e emocional, e, inclusive, à saúde do planeta como um todo. 

Assim, colocam as preocupações com questões humanas e ambientais também entre as principais tendências do mercado para 2024. 

Desse modo, o foco na hospitalidade e na experiência oferecida ao cliente deve ser uma constante para quem quer se destacar este ano. 

Um atendimento atencioso e a oferta de brindes, como na prática do overdelivery e underpromise, podem bastar, mas a discussão aqui vai além disso.

Aliás, ela inclui até um trabalho direcionado à própria equipe do restaurante. 

Afinal, para ter uma equipe acolhedora, é preciso que os indivíduos nela estejam com sua saúde mental em dia. 

Assim, há uma tendência geral a dedicar um pouco mais de cuidado a esses indivíduos e promover um ambiente cada vez mais saudável para a execução do trabalho.

Mas voltando à experiência do cliente, há formas bem criativas que vêm ganhando espaço no mercado e chamando a atenção do público. 

Um conceito interessante aqui, por exemplo, é o de eatertainment, que une as palavras em inglês “eat” (comer) e “entertainment” (entretenimento).

Nesse sentido, as decorações temáticas e atividades como jogos ou apresentações artísticas são as alternativas mais comuns e eficientes para atrair a clientela.

Quanto à questão ambiental, cuidados com a procedência dos alimentos e o uso de recipientes e embalagens sustentáveis são os principais aspectos que serão observados.

No que se refere às embalagens, fique à vontade para consultar uma série de artigos que tratam do assunto em nosso blog.

Por fim, vale mencionar ainda a possibilidade de promover seu delivery como ecologicamente engajado usando biocombustível, fazendo as entregas a pé ou de bicicleta ou adotando outra forma de logística verde.

5. Uso crescente de recursos tecnológicos

Outra das principais tendências do mercado em geral que se reflete também no setor alimentício é a gestão data driven, isto é, orientada por dados. 

Assim, por exemplo, na medida em que você fizer uso das informações aqui apresentadas, estará gerindo seu negócio com base em dados, não em suposições.

Nesse sentido, destacam-se sistemas de CRM, ou gestão de clientes, que reúnem e organizam informações sobre compras anteriores, hábitos e preferências de consumo da clientela.

Mas o uso da tecnologia vem se estabelecendo em diversas áreas do setor e em todas as etapas do processo de produção de alimentos. 

Em todo o mundo, startups conhecidas como foodtechs recebem cada vez mais incentivos, buscando soluções sustentáveis desde o campo até os mercados e restaurantes.

Outro conceito relacionado a isso e que configura uma tendência é o de internet das coisas

Associado a ele, há uma série de recursos inteligentes que podem ajudá-lo a gerenciar seu restaurante, desde o estoque até o atendimento em si.

Por fim, não podemos deixar de citar o crescimento significativo no uso das redes para o marketing digital e para a própria realização de negócios. 

Mais do que uma tendência, a presença de uma marca nos meios digitais vem se tornando uma necessidade básica e fundamental.

6. Delivery

Conforme pesquisa da Criteo56% dos brasileiros experimentaram algum sistema de compra online durante a pandemia e, destes, 94% pretendem manter o hábito

A mesma pesquisa mostra que o setor de alimentos está entre os que mais se destacaram nesse crescimento substancial do e-commerce. 

Outra pesquisa, agora da Industry Insights, Telecom e Globo, revelou que 90% dos entrevistados conheciam o delivery de alimentos e 86% já o haviam utilizado

Tudo isso dá bem a medida do quanto esse mercado é relevante no Brasil atual.

Assim, entre as tendências do mercado de restaurantes para 2024, não poderia faltar esse tipo de tecnologia. 

Aliás, diante dos números apresentados e do fato dele estar relacionado, de alguma forma, a todas as outras tendências, podemos apontá-lo como a mais relevante.

Mas há neste tópico alguns desdobramentos e tendências específicas que merecem ser mencionadas.

Citamos, por exemplo, o conceito de dark kitchen, ou “cozinha fantasma”, que se refere a um tipo de estabelecimento que atende exclusivamente por entregas.

Para se ter uma ideia, a primeira dark kitchen do Burger King, aberta em 2020, favoreceu um aumento de 200% nos pedidos online da franquia!

Outro conceito relacionado e que configura uma tendência é o de delivery próprio (ou direto), em que o restaurante utiliza um site ou aplicativo próprio. 

O modelo apresenta inúmeras vantagens em comparação aos marketplaces de redes sociais ou outros como o iFood. Entre elas, podemos citar uma maior autonomia e possibilidade de se destacar entre os concorrentes.

Conclusão: alinhando-se às tendências do mercado em 2024

Como vimos, as atuais tendências do mercado mantêm relações com questões de saúde, incluindo a ambiental, e incorporam diversos avanços tecnológicos.

Destacamos, ainda, a relação que identificamos entre a maior parte das tendências e o sistema de delivery

Assim, se fôssemos apontar apenas uma das tendências de mercado para 2024 como a principal ou mais promissora, teríamos que escolher o delivery.

Como se nota com os dados acima, esse mercado cresceu consideravelmente com a pandemia e não há estimativa de que ele possa retroceder.

Portanto, independentemente de onde você esteja na construção do seu negócio, se ainda não aderiu ao delivery, não perca mais tempo! 

Caso ainda esteja começando, indicamos a leitura do artigo a seguir sobre como montar e abrir um delivery para ajudá-lo em todo esse processo. 

Assim, você poderá agir com mais segurança de estar indo na direção correta e evitando os enganos mais comuns.

Desejamos a você bons estudos e muito sucesso em seu empreendimento!

COMO MONTAR UM DELIVERY


Hey! Você gostou deste conteúdo? Então compartilhe com seus amigos. Isso nos ajuda a continuar produzindo conteúdos de qualidade que melhoram o dia a dia do seu negócio!

Tag do Post :

Compartilhe :